Pesquisa aponta preferência dos ouvintes de rádio

ouvir_radioJá falamos aqui sobre como o rádio se reinventou na era da internet e segue sendo uma das mídias mais acessadas no país. Nesta semana, a Kantar Ibope Media revelou uma pesquisa feita em 13 regiões metropolitanas do Brasil que mostra algumas informações e preferências de ouvintes de rádio, que correspondem a 89% que escutam habitualmente, sendo 52 milhões de pessoas. O alcance do rádio comum é de 58% dos ouvintes, enquanto o celular equivale a 15% e os computadores representam 5%.

A programação musical é a preferência de 94% do público pesquisado, a categoria “entrevistas/programas falados” aparece com 34%, sendo seguida por “comentários esportivos”, com 25% e “programas religiosos” são 24%. A Pesquisa Regular de Rádio, que é o título do estudo, mostrou que o meio de comunicação é mais acessado entre 14h e 15h.Cerca de 10% dos participantes ouvem rádio no local em que trabalham, durante o expediente. A maioria (52%) ouve em casa, entre 10h e 11h. O carro (15%) e os meios de transporte público (6%) também foram considerados como locais preferidos pelos amantes do rádio.

O investimento em rádio no ano de 2015 equivaleu a mais de 5 bilhões, com 4,7 milhões de inserções publicitárias. O comércio de varejo ocupa o primeiro lugar da lista, com 22% dos investimentos, seguido por serviços ao consumidor (19%) e cultura, lazer, esporte e turismo, com 11%.