Havaianas e seu reposicionamento que virou case

avaianasSomos fãs do digital, mas também adoramos compartilhar cases de sucesso que fizeram sucesso no mundo offline. A Havaianas foi um caso de reposicionamento muito marcante no mercado e que até hoje rende artigos acadêmicos e inspirações. De uma marca em queda livre, a Havaianas hoje é um símbolo de moda e referência em chinelos, estando no pé de quase todo mundo.

Tudo começou no início dos anos 90 quando a empresa estava passando por dificuldades devido à pirataria de chinelos e o crescimento da concorrente Rider. Além disso, um grande problema é que a classe média tinha vergonha de usar as sandálias porque elas lembravam as pessoas mais humildes.

Para o seu reposicionamento, a Alpargatas, dona da marca, pensou em uma estratégica ousada, junto com a sua agência de publicidade, a AlmapBBDO. Eles resolveram que a Havaianas iria conquistar dois públicos: classe média e alta. Eles começaram a usar a revista de moda Vogue, mostrando a sandália como referência. Na televisão, as celebridades mostravam como era moderno e confortável usá-la.

Assim, a Havaianas começou a ganhar um status “cool” e através do boca a boca ela foi se consolidando no sucesso que é hoje. Hoje, as sandálias que são inspiradas na marca como a Ipanema, também vendem milhões. As celebridades continuam fazendo parte das campanhas bem humoradas e outras aparecem em imagens de paparazzos usando o produto, como a supermodelo Gisele Bündchen.  A marca já coleciona lojas pelo mundo e tem status de sandália de grife no exterior.

Havaianas já é sinônimo de chinelo, assim como o Nescau, Omo e outras marcas icônicas. É um case que serve de inspiração para quem pensa em reposicionar a sua marca ou focar em estratégias para um novo perfil de consumidor. O diferencial da Alpargatas e da agência de publicidade foi que eles realizaram um planejamento eficaz, mas porque conheciam bem a marca e o público que queriam atingir. Uniram tudo isso a canais eficientes e sempre pensaram na concorrência.

Propaganda na época do reposicionamento: