Todo mundo é fotógrafo no mundo do Instagram

fotografo_instagramCom a tecnologia, a fotografia sofreu grandes mudanças, migrando do analógico para o digital e modernizando os processos de tratamento de imagem. Os smartphones também mudaram a nossa vida em todos os aspectos, com os momentos podendo ser eternizados e as lembranças compartilhadas nas redes sociais.

O Instagram foi uma das primeiras redes sociais de fotos e a primeira publicação de um usuário foi em outubro de 2010. De lá para cá, a rede social cresceu muito e hoje é utilizada como uma poderosa ferramenta de marketing. As marcas utilizam o Instagram para o relacionamento com o consumidor, com linguagem diferente e uso de fotos bem produzidas, mas com cara de “amadoras”, com cara de instantânea. O cotidiano da empresa, os bastidores de um evento, uma promoção exclusiva ou um vídeo mostrando um novo produto, esse caráter mais informal rende muitos likes e cases de sucesso. Tudo parece simples e parte do dia a dia, mas a verdade é que os posts geralmente são feitos com muito planejamento, estratégia e uma equipe criativa por trás. Já falamos aqui http://frozz.com.br/?p=522 que uma série policial foi transmitida exclusivamente no Instagram, com a história sendo contada em 28 episódios de 15 segundos.

Nem só de selfies e fotos de comida vive o Instagram de pessoas físicas. No caso do publicitário e heavy user, os seus cliques quase profissionais com o uso do iPhone renderam mais de 700 mil seguidores. Na sua conta circulam diversas imagens feitas entre Nova York e Chicago, onde luz e contraste ganham destaque. Ele edita as fotos com o aplicativo Snapseed. Você pode conferir o trabalho dele aqui: https://www.instagram.com/jasonmpeterson/

iphone2 iphone10 iphone14

O Instagram tem rompido as barreiras do relacionamento entre celebridades e pessoas. No mês de março, o Papa Francisco publicou a sua primeira foto no Instagram, na conta @Franciscus, uma foto de um momento de oração. Na legenda da imagem, o papa pede para que rezem por ele e foi feito em nove idiomas, incluindo o português.

A verdade é que outras redes sociais, como o Snapchat, estão aparecendo e fazendo a diferença na forma de se comunicar, mas assim como não devemos esquecer o off-line, nenhuma rede social deve ser deixada de lado. Com planejamento, criatividade e conhecendo o seu público, é possível circular por todas as plataformas de forma efetiva.