Vídeo game é coisa de menina, sim!

girls_gameNesta quarta-feira, 16 de março, a Games Brasil divulgou uma pesquisa sobre o setor no Brasil, mostrando que as mulheres já representam 52,6% do público que joga games no país.Esta é a terceira edição do levantamento, que busca traçar o perfil dos brasileiros que jogam videogame. O estudo é feito pela agência de tecnologia interativa Sioux. A Game Brasil 2016 ouviu 2.848 pessoas de 26 estados e do Distrito Federal entre os dias 15 e 26 de fevereiro deste ano.

Os celulares continuam dominando a preferência dos jogadores, com 77,2%, caindo em relação ao ano passado, que representava 82,1% dos usuários. Hoje os computadores representam 66,9% e os consoles 45,7%.  Outro dado curioso é que apenas 11% do público se considera jogador de verdade.Em termos de preferência, a disputa, assim como no passado, é mais acirrada. 34,4% dos entrevistados dizem preferir jogar no smartphone, com 30,1% respondendo computadores e 29,9%, consoles.

High angle view of a young couple playing video game

O Xbox 6 continua sendo o mais popular entre os brasileiros. De acordo com a Game Brasil 2016, 40,9% dos entrevistados usam o game da Microsoft, seguido do PlayStation 2, com 35,3% e do PS3 (29,5%). Já sobre eventos de games, a pesquisa mostrou que a maioria dos entrevistados nunca participou de um campeonato (63%). Já 33,6% do público diz que já disputou competições entre amigos, e só 3,4% já participaram de eventos “grandes”, com organização oficial e premiação.

Os números provam que o mercado de games está em crescimento e que para muitas pessoas pode não ser apenas um hobby. Com a estatística das mulheres dominando, é preciso que as marcas do setor pensem em estratégias e lançamentos conforme o perfil desse usuário.